Sob arcos, olhos

quase fechados.

Manhã. Cabeças

de pedra.

Árvores —

ao fundo —

e a quaresmeira

lilás. Aqui,

a sensação de nunca

ter estado lá.

 

In Ossos de Borboletas